CAMPANHA SALARIAL

Campanha Salarial 2018

Corretoras de Seguro: ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINA?RIA PARA OS TRABALHADORES EM CORRETORAS DE SEGUROS -Após a deliberação em assembleia com os trabalhadores, no dia 4 de julho, o Sindicato dos Securitários de Minas Gerais, conseguiu com que o Sincor aumentasse um pouco mais a contra proposta para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho – CCT, que vem se arrastando desde dezembro de 2017. Por isso, o Sindicato novamente convoca todos os trabalhadores em Corretoras de Seguros, para a assembleia, a ser realizada no dia 17 de julho de 2018 (quinta-feira), Às 18 horas, na Sede Urbana da entidade, para apresentar, discutir e deliberar sobre essa nova contra proposta dos Corretores de Seguros/SINCOR.

Data Base Maio:

Cemig Saúde: A garantia da data base já foi concedida e houve assembleia para montagem da Pauta de Reivindicações. Aguardaremos sugestão de pauta dos trabalhadores até o dia 8 de maio, quando enviaremos à empresa.

Carfepe: Em negociação.

Data Base Março:

Para as empresas com data base de março, as negociações já foram iniciadas. São elas: AFBDMG, Casfam, Western Union, Confidence e Qualicorp.

AFBDMG: Negociação fechada e o instrumento disponibilizado no site.

Western Union e Confidence: Ainda em negociação.

Data base Janeiro:

Corretoras de Seguro: O Sindicato patronal encaminhou ao Sindicato dos trabalhadores uma contra proposta retirando da Convenção Coletiva de Trabalho, 22 cláusulas, sendo que destacamos algumas abaixo:

– Retirada do Auxílio alimentação no período das férias;

– Diminuição do percentual das horas extras, para somente 50%;

– Licençaa de gala: estão considerando dias corridos, sendo que eram considerados os dias úteis, reduzindo os dias de folga em decorrência de casamento;

– Exclusão das segundas e terças-feiras de carnaval como feriado;

– Redução da estabilidade das gestantes;

– Exclusão da PLR – Participação nos Lucros e Resultados

Em vista do proposto pelo Sincor, o Sindicato dos Securitários de MG, reuniu-se no dia 10 de abril na tentativa de que pelo menos as cláusulas da Convenção anterior fossem mantidas. No entanto, O Sincor, dificultando de todas as formas a negociação, mantiveram a proposta de retirada de direitos e não aceita negociar. Sendo assim, o Departamento Jurídico do Sindicato está tomando as medidas cabíveis junto aos Tribunais para que os direitos dos trabalhadores sejam mantidos. Assim que tivermos mais informações a respeito, disponibilizaremos no nosso site.

Seguradoras:A Convenção Coletiva das Seguradoras/2018 foi negociada, assinada e já está disponível aqui.

Os principais pontos foram:

– Manutenção de todas as cláusulas anteriores.

– Reajuste salarial de 2,60%

– Vale alimentação reajustado em 4% – R$ 530,40

– 13 cesta alimentação em 4% – R$ 530,40

– Vale refeição em 4% – 31,20

– Demais benefícios reajustados em 2,60%

– PLR 2018 foi reajustado em 2,58%

– PLR 2019 será reajustado pelo INPC + 0,5%”

DTVMS Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários: A Convenção Coletiva já foi negociada, faltando a assinatura do Sindicato Patronal. O reajuste foi de 2,94% em todas as cláusulas econômicas e manutenção de todas as cláusulas anteriores. Assim que for assinada pelo Sindicato Patronal, será disponibilizada no site.

Corretoras de Seguros: Devido ao grande desinteresse em negociar por parte do Sindicato Patronal, SINCOR, estaremos chamando uma mediação no Ministério do Trabalho.

Sindapp: Empresas de Previdências Abertas: A Garantia da data base foi aceita e a Convenção Coletiva está sendo negociada. Esta negociação a nível nacional. A Pauta de Reivindicação foi enviada e está sendo avaliada pelo Sindicato Patronal.

COMPREV: Recebemos a Contra Proposta para avaliação, posteriormente será feita uma assembleia com os trabalhadores.

GBOEX: Aguardando a negociação do Sinapp.

Capesesp:Acordo Finalizado, com reajuste de 5,25% (INPC de 2017), acrescido de 2,71%, restante do INPC do ACT de 2015 (em todas as cláusulas econômicas) e Manutenção de todas as Cláusulas anteriores.

Sindapp: Empresas de Previdências Fechadas: A Convenção Coletiva está sendo negociada junto ao Sindicato Patronal e já houve uma rodada de negociação. Como não houve avanços foi encaminhada uma nova contraproposta que está sendo analisada.

Postalis: Negociação a nível nacional. A cargo do Sindicato dos Securitários de Brasília.

Valia: Acordo Fechado. Reajuste de 2,5% nos salários e de 2,07 em todas as cláusulas econômicas. Foi suprimida o benefício de Ortodontia. Em contra partida, foi feita uma indenização de R$ 1200,00 para cada trabalhador. O próximo passo é negociar a PLR.